Marte, no ponto mais próximo da Terra em 15 anos, fica mais brilhante





Marte nunca esteve tão perto da Terra nos últimos 15 anos como está agora. Nos próximos, o astro deve atingir o ponto mínimo de distância de 57,59 milhões de quilômetros em relação ao nosso planeta. Isso pode parecer muito, considerando que equivale a quase 1.500 vezes a circunferência terrestre, mas é bem próximo em termos astronômicos –– a intervalo que separa a Terra e o Sol, por exemplo, é de 149,60 milhões de quilômetros.
O planeta vermelho se tornará visível em todas as regiões do Brasil ao anoitecer desta terça (31), quando estará maior e mais brilhante do que o normal. O melhor momento para observá-lo, porém, será de madrugada, pouco antes do nascer do Sol, de acordo com a Nasa.
Não será necessário utilizar binóculos ou telescópios para aproveitar o espetáculo celeste, uma vez que o astro deve estar com brilho suficiente para ser observado a olho nu.
O único momento em que o Marte esteve tão perto de nós na história recente foi em 2003, quando o astro ficou a 55,6 milhões de quilômetros da Terra, a menor distância nos últimos 60.000 anos.

Homenagem nas redes sociais

Facebook homenageou com uma animação a aproximação de Marte. Na descrição, a rede social convida seus usuários a observar o fenômeno.
 Facebook – Encontro imediato com Marte
Facebook – Encontro imediato com Marte (Reprodução/Facebook)
As imagens mostram duas pessoas e um cachorro observando o astro, bem grande e vermelho, a partir da Terra. Em seguida, a câmera faz uma aproximação em Marte e dois “marcianos”, acompanhados de um cãozinho extraterrestre, aparecem admirando nosso planeta com um telescópio.
 Facebook – Encontro imediato com Marte
Facebook – Encontro imediato com Marte (Reprodução/Facebook)
A animação bem-humorada faz uma referência indireta à descoberta de água líquida debaixo das camadas de gelo em um dos polos marcianos, revelada por cientistas na última quarta-feira (25). Esse achado aumenta a expectativa de que o astro seja capaz de abrigar vida em seu interior.

Fonte: Veja

Comentários