Anvisa proíbe venda de dois alisantes de cabelo




A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu nesta quarta-feira a comercialização de dois alisantes de cabelo. Ambos estavam em desacordo com a legislação sanitária. A decisão foi publicada ontem no Diário Oficial da União (DOU).
O produto Forever Liss Btox, da empresa Aguss Indústria e Comércio de Cosméticos, não havia sido registrado como alisante e era comercializado sem autorização da Anvisa. A empresa será obrigada a recolher todo o estoque do cosmético disponível no mercado.
A Anvisa também suspendeu os lotes do alisante Keraprimer, da Ipoal Indústria de Produtos para Ótica e Aerosol Ltda., fabricados até o dia 12 de abril do ano passado. Segundo o órgão, o produto não possuía registro nem cadastro para ser vendido como alisante.
Com a ausência da autorização, foi determinado a proibição da distribuição, comercialização e uso dos dois produtos.
Procurado por VEJA, o responsável da Aguss Indústria não foi localizado. O contato da fabricante Ipoal Indústria não está disponível nos canais de comunicação da empresa.

Fonte: Veja

Comentários