Campeão olímpico alemão é preso acusado de espancar prostituta




Um dos mais famosos esportistas da Alemanha, o ex-ciclista Jan Ullrich foi preso nesta sexta (10) acusado de espancar uma prostituta em um hotel de luxo na cidade de Frankfurt. De acordo com o jornal Bild, Ullrich estava sob efeito de álcool e drogas quando começou a agressão. A mulher correu gritando pelos corredores do hotel após escapar dos socos e chutes.
O Ministério Público da Alemanha denunciou o ex-ciclista por tentativa de homicídio e manterá Ullrich detido até o início de seu julgamento. No entanto, ele deverá ser liberado ao pagar multa e prestar serviços comunitários. Há uma semana, o ex-atleta de 44 anos envolveu-se em outra confusão em Maiorca, na Espanha: foi detido suspeito de invasão de propriedade e ameaças contra outras pessoas.
O ex-ciclista, campeão olímpico em 2000, na prova estrada, entrou para a história em 1997, ao se tornar o único alemão a vencer o Tour de France, a prova mais tradicional do ciclismo mundial. Também conquistou uma medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Sydney, em 2000, na Austrália, na prova estrada contra o relógio.
(com Ansa)

Comentários