Comunidade se mobiliza por permanência de diretora de centro educacional







Envolvidos pedem a intercessão da vereadora Thainara Faria no caso

A vereadora Thainara Faria (PT) foi procurada na quarta-feira (1) por pais de alunos e professores do Caic Rubens Cruz/Centro de Educação Integral Ranchinho, para pedir a permanência da atual coordenadora técnica – a diretora da unidade, Sílvia Ângela Pelicola Galli.
Eles receberam a informação de que, com a reforma do Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos (PCCV), algumas mudanças poderiam removê-la do cargo, o que está gerando apreensão na equipe e nos pais.
Foi feita uma grande mobilização na unidade e na comunidade, que culminou com um abaixo-assinado com 160 nomes.
Milena Silvia de Oliveira, mãe de três alunos, afirma que a diretora “é amiga, é como parte da família, é 100% humanização”.
Dois professores da escola, Luiz Carlos Furlan e Márcio Antônio Ribeiro, fazem coro com Milena e afirmam que a diretora entende o programa de educação integral, sabe administrar o trabalho e coordenar a equipe, por isso, é indispensável para o bom andamento da unidade que ela continue exercendo a função.
Thainara assegurou aos visitantes que vai organizar uma reunião na Prefeitura entre os representantes do PCCV na Câmara e o prefeito. “Vamos entregar ao prefeito esse pedido dos pais, funcionários e religiosos que se mobilizaram pela permanência da diretora.”
Foi, inclusive, elaborado um documento com o pedido oficial, que também será entregue ao Executivo.
A parlamentar afirmou que vai buscar as alternativas para deixar a diretora, Silvia, onde está. “Não queremos fazer nada irregular, o que precisa é que ela se enquadre na nova qualificação do PCCV e que promova, se necessário, alguma adequação no seu currículo para permanecer.”

Comentários