Curso de Engenharia Agronômica da Uniara desenvolve projeto voltado a cultivo de mudas e sustentabilidade, na escola CAIC




O curso de Engenharia Agronômica da Universidade de Araraquara – Uniara está realizando um projeto de extensão na Escola Municipal de Ensino Fundamental – EMEF Engenheiro Ricardo Caramuru de Castro Monteiro – CAIC voltado à sustentabilidade ambiental, por meio de cultivos de diferentes tipos de mudas.

“O projeto surgiu em ideia conjunta entre a EMEF e a docente da graduação, Anaira Denise Caramelo, que ministra aulas da disciplina de planta medicinais e aromáticas. A primeira proposta era que escolhêssemos uma escola da rede pública em Araraquara para levarmos conhecimento e experiência a respeito das plantas medicinais e aromáticas aos estudantes em um dia de palestra”, explica a aluna do quinto ano do curso e educadora da escola, Dayane Carla Cavicchioni.

Ela acrescenta que, como funcionária da EMEF e tendo o cargo de Agente Educacional, acompanha os projetos e atividades desenvolvidos pela Educação Integral dentro da oficina de Educação Ambiental. “Enxergando a possibilidade de estender a vivência sobre o assunto, formamos um grupo de estudantes de Engenharia Agronômica para executar o projeto e contribuir na formação como alunos e cidadãos que compreendem amplamente as relações de necessidade e cuidado/preservação com a natureza, e aspectos que envolvem nosso habitat”, destaca.

A cada encontro entre o grupo e uma parcela dos estudantes da CAIC, Dayane conta que “uma porção de conhecimento científico a respeito das plantas que iremos introduzir ou cuidar naquela semana é levada, sempre oferecendo espaço para o diálogo a respeito dos saberes e experiências existentes dos estudantes sobre o cultivo e a utilização de plantas para cura e bom funcionamento do corpo, visto que, ainda hoje, a maior disseminação desses conhecimentos essenciais à vida, em sua maioria, é transmitida pelos saberes populares”.

Na prática, a graduanda detalha que alunos da EMEF produziram mudas e fizeram seu transplantio; plantaram e cuidaram de hortaliças, “para gerarem um produto fruto de um bom manejo”; fizeram o plantio de espécies arbóreas frutíferas, e ajudaram a manter o jardim dos sentidos que a escola já possuía, acrescentando espécies novas a ele.

No primeiro semestre, como parte do projeto, foi realizada uma doação de mudas, por intermédio da Fazenda-Escola da Uniara, por meio do professor Rogério Teixeira Duarte e da coordenadora da graduação, Célia Correia Malvas. “Foi para uso em um evento que chamamos de ‘Intervenção Ambiental’, onde foram expostas obras feitas pelos estudantes e professores dos dois períodos da Educação Integral a respeito do tema, com o propósito de despertar o respeito pelo planeta”, completa Dayane.

Ela lembra que a doação de mudas de espécies arbóreas e frutíferas foi aberta a todos os funcionários e estudantes da CAIC, “um sucesso, sendo que, em pouco tempo, todas as plantas foram adotadas”. “Vale salientar que as mudas foram doadas para estudantes e professores que moram em diferentes bairros, abrangendo assim, mais de uma localidade de plantio e cultivo das árvores. No ato de adoção, a equipe pedagógica fez a entrega de certificados de compromisso e um manual de cuidados, manejo e boas práticas adequado a cada espécie, garantindo eficiência e coerência da parte da instituição”, finaliza.

Informações sobre o curso de Engenharia Agronômica da Uniara podem ser obtidas no endereço www.uniara.com.br ou pelo telefone 0800 55 65 88.

Comentários