Falta de visibilidade e alta velocidade são problemas para o trânsito na região central






Na terça-feira (31), o vereador Lucas Grecco se dirigiu a dois cruzamentos da cidade, alvos de reclamações de munícipes

O trânsito em Araraquara é um assunto que incomoda muito os cidadãos, principalmente na região central. Atendendo a reivindicações de munícipes, o vereador Lucas Grecco (PSB) foi conferir de perto alguns cruzamentos problemáticos na cidade.
O cruzamento da Avenida Bandeirantes esquina com a Rua Nove de Julho é um dos que causam transtornos e acidentes. Luiz da Silva Neto trabalha numa oficina mecânica na Avenida Bandeirantes e se queixou ao parlamentar sobre as dificuldades o local. “Os motoristas não respeitam a faixa, é difícil de cruzar”, afirmou.
O mesmo acontece na intersecção da Rua Itália com a Avenida Espanha. A falta de visibilidade e a dificuldade de atravessar são pontos que causam queixas nos comerciantes locais. “Estou aqui há 13 anos e diariamente presencio de duas a três brecadas bruscas. Os clientes ficam aflitos, incomodados com o barulho fora da loja. Já teve até um acidente em que o carro arrebentou o poste que fica em frente à loja”, declarou Érica Garutti, proprietária de uma agência de viagens que fica em uma das esquinas do cruzamento.
A situação cria um mal-estar diário. Fábio Luiz Ferro, proprietário de um estacionamento na Rua Itália, conta como isso influencia o seu estabelecimento. “Muita dificuldade para os clientes conseguirem sair do estacionamento, tenho que auxiliá-los sempre”, comentou Ferro e acrescentou: “Os motoristas não têm respeito, conheço pessoas de idade que não conseguem atravessar aqui e acabam pedindo minha ajuda”.
Sobre a demanda, Lucas Grecco salientou a importância de buscar uma solução e irá fazer a indicação para cada endereço. “Temos que fazer um trabalho preventivo, não podemos esperar que o pior aconteça para agir. São muitas quadras de distância entre esse ponto na Rua Itália e o semáforo da Avenida Quinze de Novembro, e os motoristas acabam abusando da velocidade. Por isso, seria necessário instalar um semáforo ou uma lombada que os force a reduzir a marcha”, declarou Grecco.

Comentários