Helicóptero de resgate cai no Japão e deixa 9 mortos




As autoridades do Japão confirmaram, neste sábado, que os nove ocupantes de um helicóptero que caiu ontem em uma área arborizada no centro do país morreram no acidente.
A queda da aeronave aconteceu em uma floresta de uma região montanhosa da província de Gunma. O helicóptero levava nove pessoas a bordo, a maioria delas membros de uma unidade de emergências de Gunma.
No helicóptero, um modelo Bell 412EP, viajavam cinco bombeiros e dois integrantes da unidade de emergência de Gunma, além do piloto e do mecânico da aeronave. Todos faziam parte de uma equipe que verificava o traçado de uma trilha que passa pelas províncias de Gunma, Nagano e Niigata.
A emissora mostrou imagens do lugar, uma área de mata densa, nas quais é possível ver alguns destroços da aeronave. Mais de 100 integrantes de uma equipe de resgate estão trabalhando no local.
Aparentemente, o helicóptero caiu devido ao mau tempo na área, mas, segundo a “NHK”, o aparelho teve problemas em seu motor em abril e ficou em terra durante dois meses para ser submetido a consertos.
De acordo com a agência local de notícias “Kyodo”, antes do acidente, o helicóptero estava voando a baixa altitude e uma testemunha indicou que o motor fazia um barulho estranho.
Segundo a emissora “NHK”, o helicóptero desapareceu do radar três minutos depois de ter feito uma curva acentuada em sua trajetória.
A aeronave estava em operação desde 1997 e acumulava 7.000 horas de voo.
Em março do ano passado, um helicóptero do mesmo modelo também utilizado para trabalhos de resgate no centro do Japão caiu, matando seus nove ocupantes.
Por sua vez, outro helicóptero operado pela Toho Air, que também operava o aparelho acidentado ontem, sofreu um acidente em novembro perto da cidade de Ueno, também em Gunma, e deixou quatro mortos.

Fonte: Veja

Comentários