Homem vai parar na UTI após ser agredido por transexual





Uma faxineira de 57 anos procurou a polícia para denunciar um agressão contra o seu marido, que aconteceu na noite do dia 11 de julho, na rua Pascoal Meca, no Santa Maria. O aeroviário de 50 anos precisou ficar internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).
A mulher encontrou o marido desacordado e acionou o SAMU. Quando a equipe chegou, encontrou a vítima bastante agressiva. O homem não foi socorrido e sim levado para casa, acompanhado de sua esposa.
Ao acordar, no dia seguinte, ela encontrou o marido com sangramento no nariz, orelha e boca, além de um hematoma na parte de trás do pescoço.
O Samu foi novamente chamado e encaminhou a vítima para a Santa Casa onde passou por exames. Ele precisou ficar internado dois dias e uma noite na UTI, pois constatou-se que havia sofrido um traumatismo craniano.
Após receber alta, o aeroviário continuou internado em um quarto do hospital, mas desde então, está muito agitado e nervoso, sendo necessária aplicação de sedativos.
A esposa da vítima, apurou que a agressora seria uma transexual, que durante uma discussão empurrou seu marido, que caiu e bateu a cabeça.
Agora o caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Fonte: São Carlos Agora

Comentários