Juliana Damus mobiliza equipe da Prefeitura para propor soluções no trânsito





Reforço na sinalização, implantação de redutores de velocidade e mudança de sentido de via. Estas foram as principais demandas de moradores de diversos pontos da cidade que chegaram ao gabinete da vereadora Juliana Damus (Progressistas). Nesta segunda-feira (13), a parlamentar percorreu os locais apontados, acompanhada da equipe de Trânsito da Prefeitura, a fim de realizar estudos para a melhoria do tráfego.
Na região central da cidade, residentes da Avenida Cristóvão Colombo reivindicam, há anos, a implantação de mão única para reduzir a intensa movimentação de veículos, principalmente de caminhões. De acordo com o coordenador executivo de Mobilidade Urbana, Nilson Carneiro, tal alteração depende de abaixo-assinado dos moradores. “Esta administração é democrática e procura sempre consultar a população para efetuar mudanças”, ponderou. Por sua vez, Juliana fará indicação ao Executivo para que seja feita a renovação da sinalização da área, tanto horizontal quanto vertical.
Na Vila Sedenho, na Avenida Pedro Galeazi, próximo do cruzamento com a Rua Doutor Nestor Goulart Reis, o problema está na alta velocidade dos veículos que adentram a via, vindos da Avenida Manoel de Abreu. “Aqui, há acidentes semanalmente”, informou um cidadão que preferiu não se identificar.
A solução apontada seria a construção de lombadas, cujo custo médio é de R$ 3 mil reais, segundo o cálculo do gerente de Obras e Serviços de Trânsito e Transportes, Gerhard Schneider Júnior. No entanto, a Prefeitura está finalizando o contrato para a realização do serviço. “Vamos procurar a Polícia Militar para, com base nos registros de acidentes, verificar quais pontos da cidade serão priorizados para a instalação de redutores de velocidade”, afirmou Carneiro.
Havan
Outra queixa dos munícipes se refere à necessidade de sinalização nos arredores da obra da loja de departamentos Havan, próxima ao Shopping Jaraguá. A questão também foi discutida na ocasião e, de acordo com Carneiro, as providências necessárias serão tomadas.

Comentários