MÉDICO É EXONERADO APÓS CHAMAR COLEGAS DE IMBECIS E ANIMAIS.







MÉDICO COORDENADOR  DE UPAS  É EXONERADO EM ARARAQUARA.

O médico coordenador das UPAS de Araraquara, perdeu o seu cargo de confiança após chamar médicos que ele coordenava de imbecis e animais.

A reportagem do Araraquara24horas com exclusividade recebeu as denúncias. O local onde fica a base do SAMU de Araraquara no Melhado está sofrendo com infestações de piolhos de Pombos, onde diversos funcionários já estão com coceiras e sofrendo graves consequências. E após os funcionários passarem o caso para a Secretária de Saúde e reclamar em um grupo do whatssap, o médico coordenador enviou um áudio com o seguinte frase: '' Deixa eles reclamar no grupo do SAMU, que é bom eu dar risada na cara desses imbecis né? Então, deixa ai porque quando eles chegarem lá vai estar tudo dedetizado. São uns animais mesmo, é bom não falar nada né?


DENÚNCIA.

Os médicos do SAMU reclamaram em um grupo do Whatssap exclusivo deles sobre a situação do piolho de bombos, e o coordenador que também é médico enviou um áudio chamado os seus colegas de imbecis e animais. O médico coordenador teria enviado o áudio errado no grupo, e logo em seguida ele teria apagado o áudio e pedido desculpas sobre as falas ditas, mas todos que estavam no grupo conseguiram salvar o áudio com as ofensas.

O prédio do SAMU que é localizado no Melhado está sofrendo com infestações de piolhos de Pombos, e na tarde da última quinta-feira (09) o local teria sido dedetizado por fora, mas a concentração dos piolhos é dentro da sala de regulação dos médicos onde há espumas de isolamento acústico.



REVOLTA

Os médicos do SAMU ficaram revoltados com a situação, pois estavam trabalhando com a infestação dos piolhos no local e ainda segundo eles correndo risco de contaminações e doenças causas pelos piolhos, e após reclamar recebem um áudio com ofensas do próprio coordenador.


MÉDICO COORDENADOR.

A reportagem seguiu as normas éticas do jornalismo, e encaminhou a denúncia ao médico coordenador, mas o mesmo não respondeu o questionamento e não emitiu nenhuma nota de esclarecimentos sobre o caso.


SECRETÁRIA DE SAÚDE E PREFEITURA.

A secretária de saúde Eliana Mori Honain relatou para a reportagem que o médico já estava sendo exonerado, e encaminhou a seguinte nota.


''A Secretaria Municipal de Saúde informa que tomou providências imediatas, resolvendo o problema sobre infestação no local, bem como tomará medidas administrativas com relação ao funcionário.
Secretaria Municipal de Saúde''


INFESTAÇÃO DE PIOLHOS.

A Secretária de Saúde também informou que na tarde da última quinta-feira (09), o prédio foi dedetizado por fora, que está aguardando orçamentos de três empresas para trocar o foro almofadado do local e dedetizar por dentro, mas ressaltou que todos os cuidados necessários estão sendo feitos desde do momento em que a denúncia chegou a ela.




Comentários