Programa ‘Frentes da Cidadania’ dá início à segunda turma de selecionados




Aula inaugural foi realizada nesta sexta (17), na Escola de Serralheiro, com presença do prefeito Edinho


A Prefeitura deu início nesta sexta-feira (17) à segunda turma do programa “Frentes da Cidadania”, com a aula inaugural no Centro de Formação Profissional “Professor Lourenço Arone”, conhecido como “Escola de Serralheiro”, no Jardim dos Manacás.

O “Frentes da Cidadania” tem objetivo central de combater a exclusão social, oferecendo uma bolsa para que os beneficiários se insiram em cursos profissionalizantes e, depois, consigam voltar ao mercado de trabalho. O programa é coordenado pela Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social e tem parceria com o Senac.

Quase 2,5 mil pessoas se inscreveram no programa, sendo que as vagas foram preenchidas de acordo com o critério de vulnerabilidade social.
Um dos novos beneficiados é o soldador Geraldo Ferreira, de 65 anos, que mora no Jardim Tamoio. Ele está desempregado e, por falta de qualificação, tem dificuldades para conseguir um trabalho. Agora, Geraldo está otimista com a participação no programa.

“Esse curso vai me ajudar bastante. Estou parado e não conseguia trabalho nenhum. Vou voltar a estudar, tirar o meu diploma e estou gostando dessa oportunidade. Eu perdi muita oportunidade boa por não ter completado os estudos”, afirma o soldador.

Nádia Aparecida da Silva, de 55 anos, também agradece a oportunidade oferecida pela Prefeitura. “É uma coisa extraordinária. Já trabalhei de manicure, de cozinheira, mas atualmente estava pegando reciclagem. Ser chamada melhorou minha autoestima. Tudo o que eu puder me capacitar, vou fazer”, revela.


Igualdade
“A Prefeitura tem o papel de fazer com que as pessoas tenham igualdade de oportunidades. Se a legislação permitir, vamos fazer esse projeto crescer muito. Vamos dar todo apoio possível”, afirmou o prefeito Edinho aos novos selecionados do programa.

O prefeito destacou que todos merecem oportunidades. “É obrigação da Prefeitura estender a mão nesse momento difícil de vocês. Todo mundo é bom em alguma coisa, mas as pessoas precisam da oportunidade”, salientou.

O vice-prefeito e secretário do Trabalho e do Desenvolvimento Econômico, Damiano Neto, agradeceu a todos por confiarem no projeto. “Vocês são especiais e estão amparados por todos nós”, disse.

Para a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Jacqueline Barbosa, o contexto econômico e social atual é muito difícil, o que aumenta a importância de uma ação como essa. “A possibilidade está dada. Esse caminho não será fácil, mas vocês não estão sozinhos.”

A coordenadora de Trabalho e de Economia Criativa e Solidária, Camila Capacle, lembrou que duas turmas já integram o programa no Espaço Kaparaó. “Agarrem essa oportunidade. Estudem. Quem não teve oportunidade antes, agarre esta chance. Abram suas mentes para o conhecimento”, ressaltou.

Ainda estiveram no evento a assistente social Giovana Carvalho, que trabalha diretamente nas “Frentes da Cidadania”, além de outros assistentes sociais e coordenadores e gestores municipais.

Comentários