Secretaria de Esporte promove palestra sobre efeitos fisiológicos em jovens atletas





Participaram monitores das Escolinhas de Esportes, técnicos das modalidades de competição e preparadores físicos


A Secretaria Municipal de Esportes e Lazer promoveu nessa segunda-feira (13) a palestra “Efeitos Fisiológicos no Treinamento Desportivo na Formação de Atletas Jovens”, com o professor-doutor José Mazon.

Monitores das Escolinhas de Esportes, técnicos das modalidades de competição e preparadores físicos participaram da palestra no auditório da secretaria no Ginásio de Esportes Castello Branco, o Gigantão.

Mazon alertou para os monitores e técnicos observarem a diferença entre a idade biológica e cronológica dos jovens, principalmente no período da idade escolar, pré-adolescência e adolescência.

“O desenvolvimento biológico difere de criança para criança e o professor deve identificar isso no grupo que ele trabalha”, alertou.

Ao final, Mazon destacou a luta dos professores para conquistar os jovens para a prática esportiva diante de tanta tecnologia do dia a dia como celulares, tablets e jogos eletrônicos. “A criança fica no Facebook, WhatsApp e vídeo game e, com isso, está havendo um desinteresse da prática esportiva. Cabe a nós professores enfrentar esta luta e estimular ao jovem a importância do exercício físico para a fase de crescimento”, completou Mazon.

Segundo a gerente das Escolinhas de Esportes, Célia Lima, os encontros de capacitação ocorrem às segundas-feiras e têm por objetivo fortalecer o projeto das Escolinhas de Esportes. E também integrar os monitores recém contratados, via concurso público, aos demais integrantes da pasta de Esporte e Lazer.

Aprendizado

A educadora física Noeme Pereira, que atua no atletismo nas Escolinhas de Esportes, destacou o aprendizado com José Mazon

“Um tema muito válido porque relembramos do conhecimento adquirido na faculdade. Uma palestra com um profissional competente, que nos transmitiu um conhecimento enriquecedor para o nosso trabalho”

O monitor de futebol Silmar Assis avaliou positivamente a palestra para o trabalho com crianças e adolescentes. “Acrescenta muito ao nosso projeto de trabalho com as crianças e também nas Escolinhas de Esporte, que atendem a faixa etária dos 6 aos 16 anos. Temos que trabalhar sempre da maneira mais correta”, opinou.

Comentários