Soldador que sofreu queimadura no corpo luta por vaga em hospital especializado



Marcelo César Pereira, de 40 anos que sofreu queimadura em 56% do corpo em um acidente de trabalho na última terça-feira (31), está lutando por uma vaga em um hospital especializado em pacientes com queimaduras.

Araraquara não tem hospital nem ala hospital especializada na área de queimaduras.  O corpo do rapaz está exposto, pois devido à gravidade das queimaduras não pode cobrir, e esse fato acaba colaborando para pegar algum tipo de infecção.

A reportagem entrou em contato com assessória de imprensa da Santa Casa, e informaram para a reportagem que a vaga não depende do hospital de Araraquara e sim do (CROSS), Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde. Essa vaga pode sair à qualquer momento Marcelo ser transferido, mas até o momento nenhuma vaga foi aberta.






Comentários

  1. Muita falta de humanidade!
    Até quando nos brasileiros vamos esperar a morte na fila de espera para ser atendido!
    A esses montes de ratos que administra o dinheiro público quando adoece assim que chega no hospital já tem uma sala reservada esperando prapo atendimento,por nossa conta nos que pagamos tudo para esses montes de assassinos da população brasileira.��������

    ResponderExcluir

Postar um comentário