‘Talento não tem classe social’, destaca Edinho na aula inaugural do ‘Jovem Cidadão’






Jovens selecionados terão palestras até o próximo dia 10 e, depois, começarão estágio remunerado na administração pública

A estudante Camila Gonçalves da Silva, de 28 anos, está no 2º ano de Ciências Sociais da Unesp de Araraquara e foi selecionada para participar do “Jovem Cidadão”. Na aula inaugural do programa, na quinta-feira (3), ela afirmou que está muito feliz por estagiar na área em que escolheu.

“Vou ter oportunidade de experiência profissional, por um período de quatro horas diárias, em que vou poder continuar desenvolvendo minhas pesquisas, meus estudos e me dedicar para a graduação. Como meu intuito é me tornar cientista política, tenho muito interesse de estar ligada à gestão, à administração, de estar um pouco mais próxima dessa rotina. Fiquei muito contente. Era uma coisa que eu queria muito, pois já era o momento de eu ter uma experiência prática”, revelou.

A aula inaugural, na Biblioteca Municipal “Mário de Andrade”, marcou a abertura de uma série de atividades de formação com palestras para os 40 jovens selecionados, nesta primeira fase, a participarem do programa e estagiarem na administração pública. As palestras vão até a próxima sexta-feira (10).

O prefeito Edinho ministrou uma palestra explicando a importância do programa e como isso impactará na formação dos jovens. “A seleção foi socioeconômica, pois vamos ajudar aqueles que mais precisam. Muitas vezes, a bolsa-auxílio é determinante para estudar ou deixar de estudar”, afirmou Edinho.

“Talento não tem classe social. Muita gente de classe pobre, trabalhadora, tem muito talento, mas não tem oportunidade. Quero que vocês não desistam e continuem estudando. Nós vamos construir uma cidade mais justa e igualitária e uma sociedade que lute contra a exclusão social”, complementou.
Futuro
A vereadora Thainara Faria (PT), representando a Câmara Municipal, relatou que ficou muito feliz com a iniciativa da Prefeitura. “Fico muito contente de estar aqui vendo esse projeto se materializando e a carinha feliz de todos vocês.”

O assessor de Políticas para a Juventude, Guilherme Floriano, deu as boas-vindas aos jovens. “Aproveitem bastante esse curso e o estágio. Esse programa vai impactar no futuro de vocês”, disse.

Para a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social, Jacqueline Barbosa, o “Jovem Cidadão”, o “Frentes da Cidadania” e o “Territórios em Rede” são projetos que dão outro sentido às políticas sociais em Araraquara. “Muitos jovens param de estudar para ajudar em casa. A bolsa possibilita que o jovem colabore com a família, mas possa continuar os estudos”, destacou.

O diretor da Faculdade de Ciências e Letras da Unesp de Araraquara, Cláudio Paiva, representando todas as instituições de ensino, parabenizou o prefeito Edinho pela iniciativa. “Quando aparece um projeto como esse, é claro que vamos apoiar. Toda a nossa infraestrutura está à disposição da Prefeitura. Abrem-se portas no momento mais crítico deste País. Esses jovens serão os grandes vencedores do futuro”, disse o diretor.

Marcelo Rossetto, dirigente regional de ensino, também deu seu incentivo aos jovens. “Temos esperança em vocês. A educação é o caminho”, salientou.

Ainda participaram da aula inaugural a gerente de Recursos Humanos, Flávia Dótoli; o subprocurador-geral Fiscal e Tributário, Vinícius Manaia Nunes, que participou do “Jovem Cidadão” em 2004 e concedeu seu depoimento; além de outros secretários e coordenadores municipais e representantes de instituições de ensino.
Oportunidade

O “Jovem Cidadão” tem como objetivo conceder oportunidades de estágio a estudantes regularmente matriculados e que estejam frequentando os ensinos médio, técnico, profissionalizante ou superior de instituições de ensino públicas ou privadas.

O estágio é nas áreas de interesse da Administração Municipal, seja ela direta ou indireta. As atividades, programas, planos e projetos devem estar diretamente relacionados com as áreas do curso escolar do estagiário. A carga horária de estágio será de 4, 5 ou 6 horas diárias.

Comentários