PM mata ex-mulher e depois comete suicídio







Um policial militar matou a ex-mulher e depois acabou se matando, nesta quinta-feira, no Jd. Esperança, em Campinas. Ricardo Luiz de Sá era sargento da Polícia Militar e estava separado da mulher, Fernanda Martins da Costa Sá, há cerca de dois meses de acordo com testemunhas.
O sargento não aceitava o fim do relacionamento e dizia que ela tinha o traído. Depois de estrangular a mulher, o PM foi atrás do amante. O homem levou ao menos três tiros e está internado em estado grave no Hospital PUC-Campinas.
O corpo de Fernanda, que trabalhava em um supermercado, foi encontrado na cama do casal, ao lado de cartas supostamente escritas pelo marido dizendo que ele sabia da traição e que mataria o amante. O corpo do PM foi encontrado enforcado na varanda da casa. De acordo com informações da Polícia que atendeu a ocorrência, Ricardo ainda tinha acesso livre à residência. O IML (Instituto Médico Legal) recolheu os corpos no período da tarde, após trabalho da perícia da Polícia Civil. O caso foi registrado na Segunda Seccional de Campinas.

Fonte:www.portalcbncampinas.com.br

Comentários