Homem é preso após matar e atear fogo em mulher de Hortolândia




O corpo que foi encontrado parcialmente carbonizado em Limeira (SP) na tarde desta segunda-feira (29), como foi mostrado aqui no Rápido no Ar, é de uma mulher, de 35 anos, que estava desaparecida em Hortolândia (SP). Um homem, de 38 anos, foi preso e confessou o crime.
Lucilene da Silva Chagas foi enforcada e queimada. A Polícia Civil prendeu Marcos dos Santos da Conceição, que era conhecido da família. A príncipio ele negou o crime, mas acabou confessando.

Para a polícia, ele relatou que comprou gasolina em um posto de combustível em Campinas (SP). Depois teria levado a vítima para uma estrada de terra no bairro Pinhal, na zona rural de Limeira e aplicou um ‘mata-leão’ e com ela desacorda, teria ateado fogo. Marcos ainda teve queimaduras no abdômen e nas pernas devido as chamas.

O corpo de Lucilene foi localizado no final da tarde de ontem por um morador da região, que passeava pelo local a cavalo e percebeu vítima caída em uma área verde. A PM foi acionada e constatou a morte.
O assassino ainda não revelou os motivos que o levaram a cometer este crime bárbaro.
Lucilene tinha uma união estável e duas filhas, de 12 e 18 anos.


Fonte:rapidonoar.com.br

Comentários