Fotógrafo e professor de dança "Mayckon Booker" é encontrado morto




O professor de dança e fotógrafo Anderson Almeida Delfino, de 33 anos, conhecido nas redes sociais como Mayckon Booker, foi encontrado morto em sua casa na madrugada desta segunda-feira (5), na avenida Grécia, na frente da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Vila Prado em São Carlos.

O São Carlos Agora acompanhou com exclusividade a ocorrência e apurou que um vizinho chegou para trabalhar e encontrou o imóvel onde também funciona o estúdio fotográfico da vítima cheio de sangue e visualizou o corpo.
Ele avisou o guarda da UPA e o SAMU foi acionado. O médico da Unidade de Suporte Avançado (USA) compareceu no local e constatou o óbito.
A Polícia Militar, bem como a Guarda Municipal preservaram a cena do crime até a chegada da Polícia Cientifica. Os peritos encontraram três perfurações no corpo provocadas por um objeto pontiagudo que atingiram o coração, braço e costas.
Câmeras de segurança registraram um homem entrando no prédio às 23h45, mas não é possível afirmar que tenha ele tenha envolvimento na morte.
Policiais do 2º Distrito Policial e da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) compareceram ao local colhendo informações para tentar esclarecer o caso.
O corpo de Anderson foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de São Carlos.

Fonte: São Carlos Agora

Comentários