HOMEM DE MATÃO É MORTO A TIROS EM FESTA INFANTIL





A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) está apurando o assassinato do matonense Rogério Aparecido Martins, de 31 anos, o Gordão, executado com 6 tiros (2 no rosto) em uma festinha de aniversário infantil.
O caso está sendo investigado pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) daquele município. Gordão estava residindo em São Carlos e, segundo a polícia, teria se envolvido em algumas ocorrências.
Gordão teria se mudado de Matão para São Carlos em 2.012, mas sempre visitava os pais, familiares e alguns amigos na Terra da Saudade. Os motivos do crime ainda são desconhecidos.
Este foi o décimo primeiro homicídio em São Carlos. Na mesma noite, outro rapaz foi executado, mas o delegado da DIG não acredita em ligação de ambos.     
Por volta 19h, quando todos já se preparavam para realizar uma festa de aniversário para uma menina de 10 anos, o ex-presidiário Rogério, trajando camiseta do Corinthians, estaria sentado em um tranco de árvore.
Foi neste instante que surgiu na esquina uma motocicleta escura, ocupada por dois homens, que parou na esquina, cerca de 10 metros da casa, quando o desconhecido portando um revólver calibre 38, despejou cerca de seis tiros a queima roupa.
Atingiram por duas vezes na autua da boca, braço, abdome e tórax. Após os disparos, mesmo gravemente ferido, Gordão foi cambaleando até a casa da aniversariante e cai em meio a uma poça de sangue.
(Colaborou o repórter Pedro Maciel (Rádio São Carlos)

Comentários