Ataque dentro da Catedral deixa ao menos cinco mortos




Um ataque a tiros na Catedral Metropolitana de Campinas, em São Paulo, deixou pelo menos cinco mortos e três feridos na tarde desta terça-feira, segundo o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). As informações foram divulgadas pelo canal por assinatura "GloboNews". O autor dos disparos estaria na lista dos mortos. 
O homem teria entrado na Catedral com uma pistola e um revólver calibre 38. Ele teria cometido o ataque e, em frente ao altar, praticou o suicídio.
As vítimas fatais não foram identificadas, e a polícia investiga a motivação do crime. 
Ainda há vítimas fatais no interior da Catedral aguardando a perícia, conforme informou a Guarda Municipal de Campinas.
Os Bombeiros informaram que os feridos estão estáveis nos hospitais. Eles ainda não foram identificados e familiares ainda não foram avisados. A Guarda Civil justificou que os corpos devem ficar intocados aguardando a perícia. Já os feridos foram socorridos com prioridade e ainda não foram identificados.
Equipes do Samu e do Corpo de Bombeiros foram enviadas ao local, por volta das 13h20. A informação inicial é de que uma mulher de 65 anos, com ferimentos na região da cervical, foi levada ao Hospital Mário Gatti; enquanto que outra, de 40 anos, foi levada ao Hospital de Clínicas da Unicamp.
A terceira vítima também estaria em estado estável, segundo o Samu. O entorno da Catedral está isolado e câmeras de monitoramento da CinCamp registraram a movimentação na área.

Comentários