Homem é preso após decepar pênis de parceiros durante sexo e jogar no lixo




Um homem, de 43 anos, decepou e jogou fora as genitálias de duas pessoas com as quais manteve relações sexuais. Os casos aconteceram em Presidente Venceslau, em São Paulo, entre os dias 31 de dezembro e 1º de janeiro. De acordo com a Polícia Civil, o autor dos crimes é garoto de programa e está preso.
Um terceiro homem, de 50 anos, conseguiu escapar do agressor antes de ser decepado e ficou com o pênis ferido. Ele gritou por socorro ao ser atacado. Segundo a Polícia Civil, o homem escolhia os alvos mais vulneráveis, geralmente pessoas que estivessem consumindo bebidas alcoólicas.
As armas usadas para o crime seriam uma faca ou uma tesoura. Em um intervalo de poucas horas, aconteceram os dois primeiros ataques. As vítimas do mutilador foram encontradas por policiais em estado de choque.
Nos três casos citados, os ataques aconteceram no momento em que o suspeito fazia sexo oral nos homens. Segundo a Polícia Civil, o autor dos crimes foi localizado após denúncias de testemunhas e identificado com base em imagens de câmeras de segurança.
Em depoimento, o agressor afirmou que praticou os crimes após usar crack e não se lembra como tudo aconteceu. O suspeito diz que acordou na casa onde mora sozinho, no dia seguinte aos crimes, e viu dois pênis cortados ao lado de seu colchão. Ele colocou as partes íntimas dentro de um saco de lixo e deixou em frente à residência, para ser levado pelo caminhão da coleta.
O suspeito cumpria pena em regime aberto pela prática de crimes sexuais, já que foi condenado por abusar de duas crianças. Segundo testemunhas, o homem trabalhava como cabeleireiro, cozinheiro e faxineiro. Ele responderá por lesões corporais de natureza gravíssima.

Fonte: bhaz.com.br

Comentários