ACUSADO DE MATAR IDOSO NO HORTÊNSIAS É PRESO






Nesta quinta-feira (07), o acusado de matar o idoso José da Silva, de 65 anos no último domingo (04), no Jardim Das Hortênsias foi preso na cidade de Matão. O acusado mora na mesma rua da vítima, e alegou legítima defesa.

O acusado relatou que faz tempo que vem tendo desentendimentos com o filho da vítima, e que no último domingo foi até o bar e teria sido ameaçado pela vítima.

Durante a confusão, o acusado teria ido para casa pegado uma faca e iniciado a confusão.

Ele foi ouvido e ficou à disposição da justiça, pois passou do período do flagrante e ele tem residência fixa.









ENTENDA O CRIME.




Por volta da 00:30 desta segunda-feira (04), um idoso de 65 anos identificado como José da Silva foi morto a facadas na Avenida Remo Frotarolli, no Parque das Hortênsias em Araraquara.

Segundo informações, populares ligaram para o SAMU e relataram que tinha uma vítima caída em frente do CRAS e de um bar sangrando. Imediatamente  a U.S.A (Unidade do Suporte Avançado), foi para o local  encontrou a vítima já em óbito com várias marcas de facadas pelo corpo.

No bolso da vítima foi encontrado uma tesoura, que pode levantar hipótese que a vítima foi até o bar para resolver algum problema e tenha sido morta.

Viaturas da Polícia Militar foram para o local, e Polícia Científica também, mas populares negaram a comentar qualquer coisa sobre o assunto.

O caso foi apresentado no Plantão Policial de Araraquara, e deve ser registrado como homicídio e uma investigação deve ser aberta para apurar e tentar identificar o acusado.

Comentários