Adolescente é apreendido com simulacro de pistola e balas dentro da sala de aula em Leme, SP










Em diligências na sua residencia, foi localizado mais uma munição calibre 380.

Na manhã desta quinta-feira (14), uma equipe da RONDA ESCOLAR da Polícia Militar foi solicitada à comparecer em uma Escola Estadual, localizada no bairro Jardim Grossglaus no município de Leme (SP), onde segundo denúncia uma aluno estaria portando uma arma de fogo.
Chegando no local os policiais Sd PM Teixeira e Sd Pm Anelisa, se depararam com o adolescente na sala da diretoria e já havia entregue duas munições intactas calibre 380.

Feita busca na mochila escolar do mesmo, foi localizado um simulacro de pistola e em diligências na sua residencia, foi localizado mais uma munição calibre 380.
Diante do exposto, menor foi conduzido à Central de Polícia Judiciária, onde a autoridade plantonista ratificou a voz de apreensão e recolheu o adolescente.

Outra arma

No início da tarde, a equipe de ROCAM – Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (CB PM André Godoi SD PM Barboza), foi acionada via COPOM para atendimento de ocorrência de desentendimento entre marido e mulher em um pelo bar.
Os policiais CB PM André Godoi e SD PM Barboza, ao chegarem no local, uma vizinha informou que estava com a mulher (vítima) escondida no interior de sua residência, após ter sido agredida pelo esposo e corrido de sua casa.
Realizado contato com a vítima que apresentava estar com muito medo, ela informou os policiais, que seu marido, a havia agredido, e a ameaçado de morte dizendo que ia dar um tiro em sua cara. Informando ainda a equipe, que ela mesma havia retirado a arma de onde estava, e escondido em outro local, temendo pela sua vida.
Diante do fato, a equipe foi até o bar, fizeram o contato com o agressor, que estava bastante alterado, sendo preciso realizar o uso de algemas. A vítima esposa agredida, levou os policiais até o local onde estava escondida a arma, que estava municiada com dez cartuchos intactos.
Dado voz de prisão ao mesmo, e com o apoio da equipe de força Tática, SGT WILLIANS, CB DONIZETI, e SD OLIVEIRA, o indiciado foi conduzido a DELPOL, sendo ratificado a voz de prisão ao mesmo, que permaneceu à disposição da Justiça.


Fonte::reporterbetoribeiro.com.br

Comentários