PREFEITURA PROTOCOLA SUBSTITUTIVOS DE PROJETO DE LEI SOBRE REAJUSTES DOS SERVIDORES













“As principais novidades são que o reajustes de 5% (acima da inflação) será concedido de uma única vez , além de ser retirada a trava que provocaria a perda abono assiduidade(Bônus alimentação) por 6 meses para quem tivesse mais de 4 faltas.”
A Prefeitura de Araraquara encaminhou no fim desta tarde de segunda-feira (13) os substitutivos dos Projetos de Lei 170/2019 e 172/2019, que tratam sobre o reajuste dos salários dos servidores e trazem uma nova política para o abono assiduidade.
A principal novidade é que o aumento dos vencimentos dos servidores que seria escalonado, será antecipado e pago integralmente a partir do mês de maio, ficando em 5%, acima dos principais indicadores de inflação.
Outro ponto importante é em relação ao abono assiduidade, que traz um benefício de R$120,00 a mais sobre o ticket alimentação do servidor que não faltar durante o mês. No projeto anterior (PL 172/2019), o servidor que tivesse quatro faltas, perderia o bônus alimentação pelos próximos seis meses. Agora, o servidor só não receberá o valor durante os meses em que tiver falta.
Vale lembrar que o abono assiduidade era de R$ 450,00 anuais. Agora, sendo pago mensalmente, no valor de R$ 120,00, totalizará R$ 1440,00 durante o ano, ou seja, um aumento de mais de 200%, se configurando em uma grande conquista para o servidor.
Essa proposta foi elaborada com muito diálogo entre o Governo Municipal e o Comitê de Gestão Democrática, formado por representantes dos servidores públicos. Apesar de todas as dificuldades financeiras da Prefeitura, o governo avança no sentido da valorização e aumento da dignidade dos servidores e servidoras de Araraquara.
A imagem pode conter: texto
A imagem pode conter: texto

A imagem pode conter: texto

Comentários