Rapaz, alucinado, agride, despenca e ‘ressuscita’ para agredir














Desempregado de 32 anos, desorientado por ingestão de alguma substância, agrediu a amiga da mãe. Ao avistar a viatura da PM, subiu no telhado, despencou e bateu a cabeça. Depois, retomou a consciência para agredir.

Eram cerca de 19h20 quando a Central 190 da Polícia Militar foi solicitada no Jardim Primavera, em Matão por causa de uma agressão. O controlador Sandrini deslocou uma viatura com o cabo Eliezer e soldado Cadete.

Na aproximação, perceberam que um rapaz subia na garagem da residência, que era de Eternity e em seguida, despencava, batendo com a cabeça, ficando desacordado e com sangramento.

A unidade avançada do Samu foi acionada e quando se aproximava, o rapaz teria se levantado, pegado um pedaço de pau e desferido na cabeça de um popular que acompanhava o fato, sem motivo aparente.

A mulher que ele agrediu, de 48 anos, disse que conversava com a mãe dele, coisas de amigas, quando ele apareceu ‘turbinado’, colocou a mão em seu rosto a e empurrou, caindo de costas.

A doméstica se queixava de dores na região lombar e braço direito, sendo encaminhada ao Pronto Socorro, onde foi medicada e, mais tarde liberada. Já o rapaz passou por Tomografia.

Pela gravidade do ferimento na cabeça, constatado pelo médico plantonista Dr. Carlos Eduardo Mondini, foi necessário acionar a Polícia Científica, que realizou a perícia.

Fonte: Matão Urgente.

Comentários