VIGILANTE QUE TENTOU MATAR NAMORADA E COLOCOU FOGO NO CARRO CORRE RISCO DE MORRER.







O vigilante Rogério Ferreira Vertolis, de 43 anos que tentou matar a ex-namorada a tiros e sua ex-sogra no último sábado (08), continua internado em estado grave na Santa Casa de Araraquara aguardando vaga para um hospital especializado de queimados.

A ex-namorada Estarlete Aparecida Fernandes, de 39 anos foi atingida na costas e passou por uma cirurgia no Hospital São Paulo, mas a cirurgia correu bem e ela segue internada. A mãe dela Maria Aparecida do Carmo Fernandes, de 60 anos foi atingida por um tiro na região da perna e continua internada no Hospital São Paulo.

Rogério corre grande risco de entrar em óbito, pois mais de 80% do corpo foi queimado e o risco de infecção é muito grande.












ENTENDA O OCORRIDO.


Na tarde deste sábado (08), um homem identificado como Rogério Ferreira Vertólis de 43 anos, ficou gravemente ferido após atear fogo no próprio carro.

Segundo informações, antes dele atear fogo no carro ele foi até a casa da ex-namorada na Rua João Amaral Gurgel, no Jardim Universal e atirou na ex-namorada identificada como Estarlete Aparecida Fernandes Pereira, e na sua mãe identificada como Maria Aparecida do Carmo Fernandes.

A ex-namorada foi atingida por dois disparos, sendo um na região das costas e outro no pescoço, a sua mãe foi alvejada  em uma das penas.

A Polícia Militar juntamente com a U.S.A (Unidade do Suporte Avançado), foi acionada no local e encaminhou mãe e filha para Santa Casa de Araraquara.

Após o crime, o Rogério fugiu para rodovia Washington Luís, e colocou fogo no próprio veículo da marca Nissa/Versa com ele dentro.

O corpo de Bombeiros, e a U.S.A (Unidade do Suporte Avançado), foram imediatamente para o local e prestaram os atendimentos necessários, e encaminharam o homem intubado em estado grave para Santa Casa de Araraquara.

A ex-namorada e a mãe estão na Santa Casa, porém o estado de saúde ainda não foi divulgado.












Comentários