Motorola Razr volta como um smartphone de tela dobrável











A Lenovo, atual dona da Motorola Mobility, lançará uma nova versão do icônico celular Razr, lançado originalmente em 2004. Dessa vez, contudo, ele virá com uma tela dobrável, semelhante à anunciada pela Samsung recentemente. Mas o preço será salgado: US$ 1.500 nos EUA.
O novo Razr é apenas o mais recente de uma série de anúncios de telefones mais caros voltados para consumidores que não pretendem trocar de aparelho com frequência. Lançado em julho de 2004, o Razr V3 foi um dos primeiros aparelhos a atingir o status de ícone de cultura pop e status, tal qual o Iphone e os Android mais populares.
Nós da PROTESTE te ajudamos a escolher seu próximo smartphone.
Seu formato elegante era um dos seus destaques na época. Além disso, o marketing relacionado à moda o levou a um grande sucesso. O V3 vendeu mais de três milhões de unidades em seu lançamento. Em seguida, diversas variantes foram lançadas, incluindo o Razr V3i, que foi um dos primeiros telefones a ter o iTunes da Apple integrado.

Nova tentativa

A Motorola tentou relançar a marca algumas vezes depois disso. Em 2007, o Motorola Razr2 foi lançado, mas não obteve o mesmo sucesso do primeiro modelo. Em 2011, a fabricante tentou novamente, lançando o Motorola Droid Razr, um aparelho Android. Ele se saiu bem no mercado, mas não se parecia muito com o Razr original.
Nessa nova tentativa, a empresa, agora da Lenovo, fará parceria com a Verizon para lançar a nova versão do Razr este ano, segundo matéria publicada no The Wall Street Journal  – possivelmente neste mês de fevereiro. Até o momento, não há informações sobre um eventual lançamento no Brasil.


Comentários