Padrasto é suspeito de abusar sexualmente de duas crianças de 9 e 10 anos.








A Polícia Civil investiga a denúncia de um estupro contra duas crianças de 9 e 10 anos, que teria ocorrido na zona Oeste de Ribeirão Preto. O principal suspeito do crime é o padrasto das vítimas.
Segundo informações da Polícia Civil, a GCM (Guarda Civil Metropolitana) compareceu na CPJ (Central de Polícia Judiciária) neste sábado (6), noticiando que os agentes estavam em patrulhamento pela Praça Schimidt, quando foram informados de uma confusão envolvendo duas pessoas pelo bairro. No local os agentes depararam com dois irmãos discutindo, pois, o homem queria que a irmã registrasse um boletim de ocorrência, contra o cunhado após receber a informação que o mesmo estava violentando as sobrinhas.
O homem disse aos guardas, que soube na manhã de ontem que a sobrinha de 10 anos, vinha sofrendo abusos sexuais, e que na noite anterior o autor teria tentado violentar a outra vítima de 9 anos. Por conta disso procurou a irmã para contar o fato.

A mãe não acreditou na filha
Consta no B.O, que a vítima de 10 anos, tentou alertar a mãe, e a mesma não teria acreditado no caso. A mãe contou que desconhece o fato, uma vez, que segundo ela uma das filhas tem um comportamento agressivo e alterado.
Ela disse que conversou com o autor, e o mesmo negou o fato. Disse ainda que não deseja medidas protetivas contra as partes.
O caso foi registrado como “ESTUPRO DE VULNERÁVEL”. A DDM (Delegacia de Defesa da Mulher), investiga o caso.

Fonte: Xtudo

Comentários