Chuva ácida pode causar intoxicação de animais e câncer no pulmão












Por muito tempo, a humanidade adotou modelos de desenvolvimento que priorizavam o progresso a todo custo, deixando de lado os impactos causados no meio ambiente. Ou seja, era uma matriz de desenvolvimento não sustentável, que utilizava fontes energéticas esgotáveis (principalmente petróleo e carvão mineral) e capazes de gerar sérias consequências para o clima, como, a chuva ácida.
Inicialmente, é importante que você saiba que demorou anos para a sociedade começar, de fato, a ter noção dos reais impactos ambientais devido à intensificação da poluição. Isto é, muitos fenômenos já estavam ocorrendo por todo o mundo, mas foram descobertos/estudados tardiamente, o que agravou ainda mais a situação.

A chuva ácida se encaixa perfeitamente nesse contexto, uma vez que ela só começou a ser investigada muito depois de seu surgimento. Dessa forma, leia e confira como é formada a chuva ácida, seus efeitos na natureza e como esse tema pode ser abordado no vestibular. Vamos lá?

O que classifica uma solução como ácida?

Inicialmente, é preciso compreender o que caracteriza uma substância química como sendo ácida, para depois então buscar entender o que é chuva ácida. Ácidos são aqueles compostosque em solução aquosa se ionizam e liberam o elemento H+ como único cátion.
Vale ressaltar também que uma das principais características de uma solução ácida é o seu pH menor do que 7, ou seja, todo ácido obrigatoriamente tem o valor de pH menor do que 7.

O que é chuva ácida?

Considerada como um dos principais problemas ambientais nos países industrializados, a chuva ácida é a combinação dos poluentes despejados na atmosfera diariamente com a águaprecipitada das nuvens. Ou seja, ela somente ocorre em cenários onde há grande concentração de poluentes químicos (essencialmente oriundos da queima de combustíveis fósseis) em regiões onde já existe a tendência natural de chover.

Como ocorre a chuva ácida?

Após a queima de combustível fóssil(gasolina, óleo diesel, gás natural etc.), há a liberação de óxidos ácidos (sendo os mais comuns o óxido de enxofre e o óxido de nitrogênio) na atmosfera. Quando essa combustão é realizada em larga escala, os óxidos ácidos começam a formar nuvens e neblinas de poluição, propícias a reagir quimicamente com a água da chuva que as atravessa.
reação química água da chuva + óxidos ácidos resulta em soluções diluídas de ácidos, como o ácido sulfúrico H2SO4 e o ácido nítrico HNO3. Sendo assim, a água que atinge o solo passa primeiramente por uma reação química (ao atravessar as nuvens de poluição) e dá origem a uma outra solução, que é justamente caracterizada pelo seu teor ácido, explicando assim como ocorre a chuva ácida.

Consequências da chuva ácida

Prejudiciais para o meio ambiente e para a sociedade em geral, a chuva ácida provoca várias consequências:

Como reduzir a chuva ácida?

A principal medida para a redução da chuva ácida é a diminuição do despejo de CO2 e óxidos ácidos na atmosfera. Para alcançar isso, é preciso frear a utilização em larga escala de combustíveis fósseis, buscando assim alternativas energéticas sustentáveis e modelos de desenvolvimento baseados numa metodologia ecologicamente correta.


Comentários