Exames realizados no IML revelam que recém-nascida encontrada em canavial foi esfaqueada várias vezes











O Instituto Médico Legal (IML) de São Carlos realizou exames necroscópicos no corpo da recém-nascida encontrado na última terça-feira (13) em um canavial na continuação da rua Santa Rufina em direção a Fazenda Palmital, em Ibaté. Ao contrário do que foi veiculado no dia, o corpo não foi queimado, apenas estava sujo de fuligem.

Após ser lavado, os médicos legistas descobriram que se tratava de uma menina com 9 meses de gestação, que tinha ferimentos provocados por faca no tórax, ombro, coxa esquerda e uma lesão profunda no pescoço também provocada por um objeto cortante.  Os exames também apontam que a criança nasceu com vida e que estava no local há menos de dois dias.
O corpo foi encontrado pelo funcionário de uma usina, que inicialmente pensou ser uma boneca. A Polícia Militar foi acionada e o caso registrado na Delegacia de Ibaté e está sendo investigado pela equipe do delegado Gilberto de Aquino.
O corpo foi enterrado no cemitério municipal de Ibaté e a polícia tenta identificar os autores deste bárbaro crime.
Ouça entrevista com o investigador Adegas
Colaborou Pedro Maciel

Fonte: São Carlos Agora

Comentários