ACUSADO DE MATAR JOVEM EM ESTACIONAMENTO É IDENTIFICADO EM ARARAQUARA





O acusado de matar a estudante Kênya Regina Silveira de Oliveira, de 21 anos foi identificado e se trata de Almir José Gomes Nascimento de 38 anos. O acusado é morador do Jardim Victório de Santi, na cidade de Araraquara. O advogado de defesa do homem já procurou a delegacia e deve ser entregar a qualquer momento.

Almir afirmou que mantinha um relacionamento com a jovem, e que foi ele quem deu a moto Kawasaki verdade a estudante. O acusado também que a motivação maior do crime foi uma discussão, pois ele teria descoberto que a jovem tinha um relacionamento com outra mulher. 

No dia dos fatos, testemunhas afirmaram que o acusado teria fugido em um carro VW/Jetta, porém o acusado fugiu em um GM/Prisma de cor preta.

O advogado do acusado também afirmou que o crime não foi premeditado, que as investigações vão provar isso.

Almir era doente pela jovem, e colegas próximos da estudante afirmaram que os dois tiveram um caso por pouco tempo, mas que ele não aceitava o fim do relacionamento e ficava procurando a jovem diariamente. Ele deve ser entregar para a polícia ainda essa semana e a qualquer momento.























PERSEGUIÇÃO.























A estudante Kenya Regina Silveira de Oliveira, de 21 anos morta na última sexta-feira (09) dentro de um estacionamento na região Central de Araraquara, estava sendo perseguida por um homem.

Segundo informações da irmã da jovem, a estudante estava sendo perseguida por um homem que queria manter um relacionamento com a jovem. A irmã relatou que foi devido ao inconformismo em ela não querer ter nada com ele. A irmã ainda afirmou que a jovem comentou a mãe que esse homem já tinha surpreendido ela outras vezes. E sempre agia em momentos que ela estava distraída.

Os familiares já passaram as informações sobre o homem para a polícia, e pedem justiça e investigação severa nesse crime de feminicídio.

Testemunhas afirmaram que antes da jovem levar os golpes de faca aconteceu uma discussão no estacionamento, e em seguida o acusado desferiu cerca de três golpes na região do pescoço de Kenya.












ENTENDA O OCORRIDO.





















Uma mulher identificada como Kenya Regina Silveira de Oliveira, de 20 anos foi morta esfaqueada dentro de um estacionamento comercial, entre a Avenida Feijó e Rua Expedicionários do Brasil, em Araraquara.

Segundo informações, a mulher e um homem teria se desentendido com um homem no estacionamento de uma loja, e em determinado momento o homem pegou uma faca e desferiu várias vezes contra a mulher.

A vítima estava com uma Kawasaki/Ninja 330, verde com placas de Itápolis, onde estacionava diariamente no local, pois morava próximo e era estudante universitária.

Após o crime, o assassino teria fugido em um VW/Jeta, de cor preta.

A U.S.A (Unidade do Suporte Avançado), foi acionada no local, mas infelizmente a vítima já estava sem vida.

Uma funerária local, e a perícia foram acionadas para tentar apurar as causas da morte.

Comentários