Confirmadas mais 2 mortes ligadas ao cigarro eletrônico, totalizando 16












O cigarro eletrônico fez mais duas vítimas nos Estados Unidos, totalizando 16 mortes relacionadas ao dispositivo, segundo a rede de TV norte-americana CNN. 
As mortes ocorreram em Virgínia e Nova Jersey. As lesões pulmonares que levaram à morte estão associadas ao uso de THC no cigarro eletrônico. O THC é o composto psicoativo da maconha.

As outras 14 mortes foram registradas nos Estados da Califórnia (2), Kansas (2), Oregon (2) Illinois (1), Indiana (1), Minnesota (1), Missouri (1), Flórida (1), Geórgia (1), Mississippi (1) e Nebraska (1).
Os cigarros eletrônicos funcionam aquecendo um líquido que produz aerossol que os usuários inalam, chegando aos pulmões, de acordo com explicação do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos.

Esse líquido pode conter óleos de nicotina, tetra-hidrocanabinol (THC) e canabinóide (CBD) e outras substâncias e aditivos, ainda segundo o órgão.
Segundo o CDC, há 805 casos prováveis de lesão pulmonar associada ao uso de cigarros eletrônicos em 46 Estados norte-americanos e nas Ilhas Virgens Americanas.

Fonte: R7

Comentários