Família pede orações para jovem de Ibaté que passa por transplante de pulmão no Incor
















O portal Região em Destake, parceiro do SCA, recebeu a informação de que o jovem Guilherme Eduardo de Oliveira Sampaio está realizando, nesse momento, o transplante de pulmão no Incor (Instituto do Coração) de São Paulo.
 
Diagnosticado com uma doença chamada fibrose cística, Guilherme segue a luta pela vida. Há 17 anos, o Gui vem lutando contra essa doença, a qual afeta as células que produzem muco, suor e sucos gástricos, obstruindo os tubos, dutos e canais, dificultando muito a sua respiração.
 
“O transplante ainda não terminou. Assim que terminar, eu mando noticias. Deus no comando”, escreveu Gilson Sampaio, pai do Gui.
 
O Gui está desde 2017 na fila de transplante e teve que se mudar para a capital, onde fica mais próximo ao Incor.
 
Várias campanhas solidárias de amigos e familiares tem colaborado para que o jovem continue lutando pela vida. Outro fator que chama bastante a atenção é a fé e esperança que o próprio Gui tem consigo. Todas as vezes que o transplante não dava certo, a tristeza dava lugar à sua fé. “Não foi dessa vez, mas DEUS vai preparar que dê tudo certo”, diz ele.
 
De acordo com o Ministério da Saúde, apesar do transplante de pulmão ser oferecido em apenas cinco estados, não inviabiliza que pessoas de todo o país sejam atendidas, uma vez que a lista de espera é única. O SUS conta com o maior sistema público de transplantes de órgãos do mundo, segundo a pasta. No Brasil, 87% dos transplantes de órgãos são feitos pelo SUS.
 
A família pede orações para que tudo ocorra bem.

Comentários