Homem sofre dano cerebral após inalar gás do riso em excesso










m holandês de 26 anos não identificado foi levado às pressas para o pronto-socorro com alucinações, vômitos e confusão mental após confessar que utilizava até 2 litros de óxido nitroso por semana há seis meses. A substância, conhecida como gás do riso ou hilariante, é alucinógena e causa intensa euforia.
Médicos do hospital Haaglanden Medisch Centrum, onde o homem foi atendido, relataram o caso à revista especializada em saúde BMJ Case Reports. Segundo eles, o paciente chegou ao hospital após vários dias de confusão mental e vômito. Após testes, a equipe descobriu que diversos componentes químicos no sangue do paciente estavam em desequilíbrio, o que poderia levar até a morte.
A alteração química no sangue fez o paciente desenvolver encefalopatia metabólica tóxica, uma condição em que a função do cérebro é prejudicada, causando alterações de humor, convulsões e fraqueza muscular. O rapaz estava tão descontrolado que, de acordo com o relatório clínico, chegou a ser agressivo e até a cuspir na equipe que o atendia.
Segundo os médicos, a encefalopatia foi ocasionada por deficiência de vitamina B12, causada pelo excesso de óxido nitroso. A falta da vitamina também causou hiperamonemia, quando há excesso de amônia no sangue, condição que pode causar lesões cerebrais ou mesmo a morte. O gás também o deixou com anemia e sintomas como fraqueza, falta de ar e fadiga.
Inicialmente, os médicos suspeitaram que a hiperamonemia era uma consequência de ter pais consanguíneos, ou seja, parentes em algum grau. Após a realização de testes mais aprofundados, contudo, a hipótese foi descartada.
Os sintomas da encefalopatia incluem convulsões, tremores, dificuldade em falar e em se concentrar, perda de memória, mudanças de humor e fraqueza muscular. Em alguns casos, os efeitos podem ser permanentes.
O homem precisou ser tratado em uma área de terapia intensiva do hospital. Mesmo após receber alta, no entanto, ele permaneceu com confusão mental e alucinações visuais por três meses.
O óxido nitroso é uma substância muito utilizada como anestésico em procedimentos cirúrgicos ou em consultórios odontológicos. É também largamente utilizado em balões de festa, motivo que torna a substância fácil de ser adquirida.
Quando inalado, o gás pode produzir sensação de euforia, levar a ataques de riso, causar alucinações e distorcer sons. Embora os efeitos durem apenas alguns minutos, o uso regular pode causar danos severos à saúde, com sintomas como dores de cabeça, tontura, paranoia e perda de raciocínio.
O uso do gás do riso pode, como no caso do paciente holandês, levar à deficiência de vitamina B12, que pode causar danos nos nervos das mãos e dos pés. O uso a longo prazo também é capaz de prejudicar a produção de glóbulos brancos, comprometendo o sistema imunológico. (Com informações do portal Daily Mail)

Comentários