Lula rebate Bolsonaro: “Livre para libertar o Brasil da loucura”





Em liberdade, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva rebateu críticas do presidente Jair Bolsonaro (PSL). Os políticos trocaram farpas nas redes sociais, contudo, sem citar um ao outro. As mensagens foram publicadas neste sábado (09/11/2019).
“É preciso cuidar da educação, do emprego, do salário, da cultura, cuidar do prazer e da alegria”, disse Lula em vídeo. Ele continuou. “Livre para ajudar a libertar o Brasil desta loucura que está acontecendo no nosso país”, completou.
O ex-presidente se disse “um senhor muito jovem”. “Tenho 74 anos do ponto de vista biológico. Mas 30 anos de energia e 20, de tesão”, brincou.
Antes, Bolsonaro reclamou a liberação de políticos, após mudança de entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre prisão de réus após condenação em 2ª instância.
O chefe do Palácio do Planalto subiu o tom das críticas e o atacou: “Canalha, que momentaneamente está livre”, escreveu. Ele continuou. “Não dê munição ao canalha, que momentaneamente está livre, mas carregado de culpa”, afirmou.
Em uma segunda publicação, o presidente escreveu: “Iniciamos a (sic) poucos meses a nova fase de recuperação do Brasil e não é um processo rápido, mas avançamos com fatos”. E repetiu: “Não dê munição ao canalha, que momentaneamente está livre, mas carregado de culpa”.
Lula deixou a sede da Polícia Federal em Curitiba no fim da tarde dessa sexta-feira (08/11/2019), após quase 600 dias de detenção. Ao sair da carceragem, o ex-presidente criticou a Justiça, a Lava Jato e o próprio Bolsonaro.
Após o STF decidir que a prisão só poderá ocorrer com o esgotamento de recursos, o ex-presidente Lula deixou a prisão.
Veja as publicações de Bolsonaro e Lula:

FONTE:metropoles

Comentários