Caravelas-portuguesas aparecem no litoral paulista e podem ser fatais ao serem tocadas














Alguns animais marinhos conhecidos como ‘caravelas-portuguesas’ foram flagrados na água e na areia da Praia das Conchas, em Guarujá (SP), nesta semana.
A espécie parece inofensiva, mas é capaz de provocar graves queimaduras se tocada, e até a morte. Segundo o biólogo marinho Eric Comin, é comum que as caravelas-portuguesas apareçam nesta época nas praias da região, já que a correnteza marítima é afetada por um fenômeno de massa de água chamado Água Central do Atlântico Sul (ACAS).
Por isso, os banhistas devem tomar cuidado. Ele recomenda que o contato com os animais seja evitado, já que existe um grande risco de queimaduras de terceiro grau causadas pelos tentáculos, que soltam uma substância urticante. Se o animal entrar em contato com a região torácica do corpo, é possível que ocorra parada cardiorrespiratória, que pode ser fatal, especialmente em crianças. 
Na Baixada Santista, houve um caso de ferimento por caravela-portuguesa em Mongaguá, na praia da Vila Atlântica. Além disso, centenas de caravelas-portuguesas apareceram nas praias de Cananéia e Ilha Comprida (SP). (A Tribuna)





Comentários