Fungota tem processo seletivo para 159 vagas voltadas a profissionais da saúde














Inscrições devem ser feitas pela internet; entre os empregos estão médico, enfermeiro, técnico de enfermagem e fisioterapeuta

A Fungota (Fundação Municipal Irene Siqueira Alves Vovó Mocinha) está com dois processos seletivos abertos para o preenchimento de 159 vagas temporárias para atender à necessidade de excepcional interesse público.

Os selecionados atuarão na Maternidade Gota de Leite, nas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) e nas unidades descentralizadas de atendimento (hospital de campanha e plantões estendidos das Unidades Básicas de Saúde) durante o período de calamidade pública, em razão da pandemia de Covid-19, causada pelo coronavírus.

Os processos seletivos simplificados consistirão na análise de currículos e títulos dos candidatos.


No total, são 153 vagas para médico clínico geral e emergencista/intensivista, enfermeiro assistencial, técnico de enfermagem, auxiliar administrativo, farmacêutico e fisioterapeuta. Os salários variam de acordo com o emprego, bem como a carga horária de trabalho, conforme o edital.

As inscrições vão até as 15h59 desta terça-feira (7) e devem ser feitas exclusivamente pelo e-mail selecaoupas@araraquara.sp.gov.br.     

As listas de classificação, pela ordem de pontuação, serão publicadas no dia 10 de abril, no site da Fundação e nos Atos Oficiais do Município.


Esse segundo processo seletivo oferece 6 vagas para técnico em enfermagem hospitalar, técnico em farmácia e enfermeiro especialidade UTI neonatal e pediátrica. Os profissionais atuarão na Maternidade Gota de Leite para reposição de postos de trabalho durante o afastamento de empregados no período de calamidade pública em razão da pandemia de Covid-19. Os salários variam entre R$ 1.946,50 e R$ 3.331,25.

As inscrições vão até as 15h59 desta sexta-feira (10) e devem ser realizadas pelo e-mail selecaomaternidade@araraquara.sp.gov.br   

O resultado com a classificação pela ordem de pontuação será publicado no dia 17 de abril.

Para os dois processos seletivos é preciso enviar os seguintes documentos digitalizados: requerimento de inscrição preenchido e assinado (disponível no edital); cédula de identidade; certificado/diploma de conclusão do curso de nível referente à vaga; comprovante da carteira de vacinação atualizada (sem pendências e/ou atrasos vacinais); registro no conselho profissional de classe, quando for o caso; e currículo documentado.

Os dois editais preveem a contratação de profissionais pelo regime da CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas) pelo prazo de 6 meses, renovável por igual período.

Cada edital prevê a reserva de 10% das vagas oferecidas por emprego para candidatos com deficiência e 20% das vagas para candidatos negros.

Concursos anteriores

Em conformidade com o Termo de Ajustamento de Conduta firmado entre a Fungota e o Ministério Público do Estado de São Paulo, a Fundação promoverá, de forma prioritária, a contratação temporária dos candidatos classificados em concursos realizados anteriormente para os mesmos empregos ou empregos compatíveis (indicados nos editais).

Os candidatos classificados nos concursos já realizados pela Fundação que tiverem interesse pela vaga temporária deverão se inscrever indicando, no campo específico do formulário de inscrição, em qual concurso da Fungota figuram como aprovados à espera de convocação.

A convocação para exercer a função do emprego temporário não exclui o direito de permanência dos candidatos na lista de classificados do concurso realizado pela Fungota.

Já os candidatos que vierem a se inscrever nos dois processos seletivos e forem considerados habilitados figurarão na lista geral de classificação dos processos abertos após os candidatos classificados nos concursos realizados pela Fungota.