Cabeça d'água arrasta banhistas, causa mortes e deixa desaparecidos

 



Pelo menos duas pessoas morreram ao ser arrastadas quando uma cabeça d'água atingiu a cachoeira Cascatinha, em Capitólio, a 276 km de Belo Horizonte, neste sábado (2).

Até às 19h, foram confirmadas 9 vítimas, seis delas estavam ilhadas e foram retiradas com ajuda de um helicóptero. Das outras três, uma está ainda desaparecida e duas mortes foram confirmadas. No momento, os bombeiros fazem buscas para encontrar a vítima desaparecida.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o corpo de uma das vítimas, que não teve a identidade confirmada, foi localizado. Os agentes realizaram trabalhos para tentar retirá-lo da água.

Segundo o Corpo de Bombeiros, a arenove da corporação visualizou oito vítimas que estão ilhadas. Uma outra vítima, que apresenta fratura, também está desaparecida. Ainda de acordo com os Bombeiros, são ao todo onze vitimas no total.

O fenômeno das cabeças d'água costumam ocorrer quando chove na cabeceira de um rio, ampliando rapidamente seu fluxo. Com isso, o nível das águas pode subir vários metros em poucos segundos.


Fonte:R7