SP segue aplicando 3ª dose da vacina em funcionários públicos

 



Os funcionários públicos que trabalham na GCM (Guarda Civil Metropolitana), sepultadores e fiscais das subprefeituras seguem recebendo a terceira dose da vacina contra a Covid-19 na cidade de São Paulo nesta quinta-feira (11). Nesse público é aplicado somente o imunizante CoronaVac.

Idosos com mais de 60 anos, profissionais da saúde maiores de idade e imunossuprimidos, que são pacientes que têm HIV ou pessoas que passaram por algum transplante, também podem procurar as unidades de saúde para receber o reforço.

Para os idosos, trabalhadores da saúde e funcionários públicos receberem a dose adicional, é necessário que tenham completado o esquema vacinal (com a segunda dose ou a dose única) há pelo menos seis meses. Já para os imunossuprimidos o intervalo é de 28 dias entre a segunda e a terceira dose.

Vale lembrar que os adolescentes de 12 a 17 anos sem comorbidades já podem se vacinar com a primeira dose do imunizante contra a Covid-19. Nesse grupo é aplicado exclusivamente o imunizante da Pfizer, o único autorizado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para pessoas com menos de 18 anos.

Postos de vacinação

A primeira dose, a segunda e a adicional são oferecidas das 8h às 17h nos megapostos, drive-thrus e farmácias parceiras e das 7h às 19h em UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e AMAs/UBSs Integradas.

Filômetro e pré-cadastro

O site De Olho na Fila ajuda a evitar aglomerações ao exibir a movimentação de pessoas nas unidades. A ferramenta também informa quais vacinas estão disponíveis para a aplicação da segunda dose.

Além disso, fazer o preenchimento do pré-cadastro no site Vacina Já agiliza o tempo de atendimento no posto de vacinação.


Fonte:R7