Idoso de 101 anos é carregado para fazer prova de vida do INSS








Um homem de 101 anos teve que ser carregado no colo por seus familiares na tarde desta quinta-feira (15) para fazer a prova de vida do INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) em uma agência bancária do Itaú na cidade de Porangatu, em Góias.

As imagens (veja vídeo abaixo) foram gravadas por um familiar do idoso, após uma funcionária da agência se recusar a ir até o carro para constatar que ele estava vivo e realizar os procedimentos para validar sua aposentadoria.
Diante da recusa da funcionária, os familiares, junto com uma cuidadora responsável pelo idoso, ajudada por voluntários, carregaram o homem até dentro da agência e o levaram até o caixa para fazer o procedimento.
O Banco Itaú, por meio de nota, lamentou o ocorrido e afirmou que reconhece "que a necessidade de deslocamento até uma agência pode ser um processo desgastante para algumas pessoas" e que "o banco estuda opções ao processo de realização da Prova de Vida, garantindo a segurança necessária na identificação dos beneficiários e seguindo as exigências do INSS".
Já segundo o INSS, já é previsto que pessoas acima de 80 anos possam solicitar que o procedimento possa ser feito com uma visita a domícilio ou, que também pode ser feito um cadastro de uma pessoa que fique como representante legal da pessoa com problemas similares, para que ela possa representa-lo junto ao órgão.
Fonte: R7

Comentários