Médicos e engenheira, moradores no interior de SP, morrem em acidente em MG









Uma colisão frontal entre um carro com placas de Campinas e uma carreta bitrem deixou três pessoas mortas nesta sexta-feira (20) entre Iraí de Minas e Romaria, em Minas Gerais. Thales Carvalho Araújo, de 34 anos, Grazielli Rodrigues Vieira, de 35, e Renato Chini Calhau, de 34 anos, estavam no carro. Os dois homens eram médicos e a mulher era engenheira química. Eles moravam em Campinas e seguiam Paracatu, na região noroeste de Minas Gerais.
Segundo a Polícia Militar Rodoviária, o acidente aconteceu no quilômetro 67 da rodovia MG-190. O motorista do caminhão relatou que havia uma cortina de fumaça na via, devido ao fogo às margens da via e o carro, um Honda Civic, teria invadido o sentido contrário, batendo de frente com a carreta.
Equipes do Corpo de Bombeiros e do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foram até o local e constataram as mortes. Os corpos foram encaminhados para o IML (Instituto Médico Legal) de Patrocínio, na região do Alto da Paranaíba.
Ambos os médicos eram residentes do Departamento de Ortopedia e Traumatologia do Hospital Ouro Verde, em Campinas.
Thales era noivo da engenheira química, Grazielli Rodrigues Vieira.
O motorista da carreta não ficou ferido.
(Rápido no Ar)

Comentários