Acusado de tentar matar colega de trabalho é detido pela PM










Durante diligências realizadas durante toda a manhã desta quarta-feira, 9, policiais militares detiveram o acusado de tentar matar A.C.M., 37 anos. Por volta das 7h30, A.M., 31 anos, teria efetuado dois disparos contra o desafeto, sendo que um deles acertou o ombro, com a bala transfixando seu corpo. O crime aconteceu em uma obra na rua Dr. Gastão de Sá, na Vila Prado. A arma também foi apreendida.
São Carlos Agora apurou que os PMs receberam uma denúncia anônima que um homem teria se escondido em uma mata no assentamento sem terra no Capão das Antas.
Uma viatura composta pelo capo Miguel e soldados Menezes foi ao local deteve o acusado. Indagado, confessou onde estaria a arma utilizada no crime, um revólver calibre 38 com 4 munições, também escondida na mata. 
Detido, foi encaminhado ao 2º DP e ficou à disposição da autoridade policial, onde foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma e tentativa de homicídio.
O CRIME
Uma discussão ocorrida no final da tarde de terça-feira, 8, terminou em tentativa de homicídio na manhã desta quarta-feira, 9, em uma obra na rua Dr. Gastão de Sá, na Vila Prado. A vítima, A.C.M., 37 anos foi atingido no ombro, com a bala transfixando o seu corpo.
São Carlos Agora apurou que A.C.M. trabalhava normalmente na terça-feira e quando foi estacionar um veículo bateu em outro carro que estava parado e seria de um companheiro de serviço.
A partir daí teve início uma discussão onde o proprietário do carro atingido queria que ele pagasse o que teria sido danificado.
Na oportunidade A.C.M. disse que não iria pagar pois não teria ocorrido nenhuma avaria em ambos os veículos. A discussão ficou mais intensa e o acusado afirmou que iria receber por bem ou por mal.
Na manhã desta quarta-feira, por volta das 7h30, no início de mais uma jornada o acusado teria se aproximado de A.C.M. e fez nova cobrança e recebeu uma negativa pois não teria feito nada.
O acusado teria sacado de uma arma e efetuou dois disparos e um deles acertou o ombro de A.C.M. com a bala entrando pela frente e saindo por trás, transfixando o corpo.
Após os disparos o acusado fugiu e a vítima foi socorrida pelo encarregado da obra até a UPA Vila Prado e posteriormente encaminhado à Santa Casa para atendimento médico.

Fonte: São Carlos Agora

Comentários